Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 23 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Polícia

Alunas brigam dentro da Univag; estudante denuncia racismo e tentativa de homicídio
27/11/2013 - 12h13   

Da Redação

Duas alunas do curso de Direito na Univag (Universidade de Várzea Grande) protagonizaram no final da manhã de hoje uma intensa briga que teve início na sala de aula e foi parar no pátio. As garotas, que já tinham um desentendimento, chegaram as vias de fato.

Segundo informações de um grupo de alunos da turma envolvida ao O Documento, a estudante N.A.T teria problemas de relacionamento com boa parte da turma. "Ela sempre quis se impôr e não aceitava a opinião dos outros. Quando se discordava dela, ela fazia ameaças", disse o aluno G.C.G, que registrou ocorrência por calúnia e tentativa de homicídio contra a "colega" de turma.

Segundo ele, ontem ele foi ameaçado por N.A.T dentro da sala de aula. "Ela disse que uma faca entraria muito fácil no meu pescoço, mas levei na brincadeira", relatou.

Todavia, nesta quarta-feira uma nova discussão ocorreu entre os alunos. Quando os nervos estavam aflorados, N.A.T tirou um estilete da bolsa e apontou para o pescoço do desafeto e um outro colega. "Fiquei a centímetros dela, mas aí chegaram dois amigos que, por muito custo tomou a arma dela", contou.

Após esta primeira confusão, a estudante se envolveu em nova discussão, desta vez com um grupo de mulheres. O clima "esquentou" quando uma aluna comentou que era necessário a coordenação da Univag chamar a polícia, já que houve ameaça com arma branca. Quando uma amiga dela concordou, a estudante que ameaçou o garoto novamente partiu para a agressão física e verbal. "Ela chamou minha amiga de 'negrinha satânica', e aí houve a briga com tapas e puxões de cabelo", disse.

A briga das garotas se estendeu até o pátio da unidade de ensino e só foi contida porque outros alunos interviram. Após a confusão, oito alunos se dirigiram a delegacia de Várzea Grande e registram ocorrência contra N.A.T. Entre os crimes denunciados estão: ameaça, vias de fato, tentativa de homicídio e racismo. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Após a confusão, a maioria dos alunos criticou a conduta da Univag. "A faculdade se omitiu neste caso e em outros também que ocorrem ali. Dizem que tem medo de afetar a imagem da instituição, mas eles também são responsáveis por chegarem a tal ponto", afirmou um estudante.

Desde o ocorrido, a universidade não emitiu nenhum tipo de esclarecimento sobre o caso.

Vídeo da matéria:

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


Comentários dos Leitores :: 
Daniel Macedo (danielmegafarma@yahoo.com.br) - 27/11/2013 13h44

Essas são as futuras advogadas, bonito pra chas-cara.
Alessandra (ams2411@live.com) - 27/11/2013 14h09

A informaçao esta errada. Não foi por causa de namorado coisa nenhuma. Essa midia de vcs esta cada vez pior.
CIDADÃO CUIABANO - Policia Militar MT- 27/11/2013 14h12

Não basta ser pobre !!!!
Ainda querem brigar dentro da Universidade.
Isso é falta VERGONHA NA CARA MENINAS,vai limpar panela de cozinha,tirar gordura das panelas,lavar roupa no tanque,limpar banheiro.

Izaura- 27/11/2013 14h17

Deixo claro que não foi por homem, esse jornal deveria averiguar direito antes de sair publicando o que não deve. Uma das moças é casada e muito bem casada. A outra solteira..
Emerson- 27/11/2013 14h32

Esses serão os futuros picaretas chamados de advogados e, com toda sorte, não teremos eles como promotores, juízes ou outros profissionais da área jurídica kkkkk.
constanca (constancasantana@hotmail.com) - 27/11/2013 15h02

que vergonha


Erica Benattic (ericabenattic@hotmail.com) - 27/11/2013 16h04

Nossa que absurdo como os jornalistas adoram distorcer fatos.
AS VIAS DE FATO NADA TEM HAVER COM NAMORADO..Antes de postarem uma reportagem, deveriam verificar as informações primeiramente.
A briga foi ocasionada por BULLING,uma das agressoras vem sendo agredida moralmente e psicológicamente,por um grupo de baderneiros que se dizem futuros ADVOGADOS.Não sou estudante desta sala,mas fiquei sabendo que existem várias facções,muitas fofocas,picuinhas no meio destes acadêmicos...Tem muita gente sem noção ali dentro.Penso que a UNIVAG deveria se atentar para o BUlLLING,preconceitos raciais e de classe social está ocorrendo em demasia ali dentro.A coisa é bem mais grave do que esta filmagem que só mostra o barraco,mas não o motivo dele.

marcio pinho neves (marcinhocaozero@hotmail.com) - 27/11/2013 17h19

jornal o documento procure saber ao certo o motivo da briga, porque vcs estao distorcendo tudo. mas se tem facçoes la dentro da univag. tem que se investigar. porque e verdade mesmo isso ai .
guilherme- 27/11/2013 17h51

cadê o face delas?
fulaninha- 27/11/2013 18h02

Isso que dá o governo criar FIES...Vão trabalhar, bando de gente à toa. Se pagassem com dinheiro do próprio bolso estariam estudando e não fazendo baderna.
Ricardo (ricardo_cba_mt@hotmail.com) - 27/11/2013 19h30

Além de divulgar de publicar matérias mentirosa, vcs estão cometendo censura. Não publicaram nenhum comentário meu.
Gustavo Gimenes- 28/11/2013 00h20

Acho que muitos devem ficar quietos e rever as coisas que falam, pois quando voce esstá a 10cm de ser degolado, as coisas nao funcionam dessa forma, quando se é descriminado por cor e religião, as coisas sao diferentes, futuros advogados ou outro tipo de autoridade são obrigados a dar cara a tapa? são humanos como qualquer um. Me envergonha certos tipos de comentarios, as pessoas e emprensas nao demonstram a principio a verdade, e sim so querem se promover, tanto que fui até a emissora passar o verdadeiro acontecimento, este caso já está na policia e a autora de todo o crime há de responder pelos seus atos, TODOS eles.
Gustavo Gimenes- 28/11/2013 03h28

Penso que devem tomar cuidado ou consciência do que falam e comentam por ai, você poderia estar no lugar de qualquer um deles ali, que são pessoas normais e comuns, lesadas por uma suposta sociopata criminosa desequilibrada
 
Últimas Notícias de Polícia :: 
Polícia
13h55 : Bandidos fortemente armados invadem banco e levam reféns; Bope é acionado
Polícia
10h32 : Agentes prisionais encontram 11 celulares e 196 trouxas de drogas no Carumbé
Polícia
10h13 : Carreta carregada com refrigerantes tomba na Avenida das Torres, em Cuiabá
Polícia
08h07 : Mais um assaltante é morto por PM à paisana; casos são frequentes em MT
Polícia
14h30 : Seis pessoas morreram durante o feriado prolongado nas rodovias de MT
Mais Notícias de Polícia::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160