Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 20 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Cidades

Nova Lei da Pesca é aprovada com liberação de cinco quilos para amadores
28/02/2013 - 12h42   

Da Redação

Após muita discussão os deputados estaduais por unanimidade aprovaram a nova Lei da Pesca que estava em vigor desde o ano passado, mas não tinha eficácia por causa de um acordo e da piracema que proibe qualquer tipo de pesca durante períodos do ano. O substitutito integral é de autoria de todos os deputados mas que nasceu de um entendimento com o líder do PDT, Zeca Viana autor da lei 9.794/2012.

"Poderia ter sido melhor, mas ampla, mas me dou por satisfeito por ter conseguido chamar e provocar uma discussão que não vai parar por aqui", disse Zeca Viana assinalando que o principal efeito desta nova lei é preservar, melhorar a piscosidade dos rios e devolver a pesca esportiva, aquela em que os peixes são soltos para a Bacia do Pantanal, maior manancial hídrico de perservação do mundo.

Segundo o líder do PDT, o novo substitutivo em relação a lei que está em vigor mas não em vigência é o fato de ficar estabelecido para o pescador amador um taxa de 5 kg mais uma peça que se tiver 5 kg eleva para 10 o montante a ser pescado e de 100 para 125kg por semana para os pescadores profissionais.

A pesca com anzol de galho ficou terminantemente proibida assim como a pesca do dourado que por se tratar de um peixe "brigador" e de consumo restrito tem a capacidade de atrair os pescadores esportivos.

A complexidade da lei pode ser sentida na questão das medidas dos pescados. Por exemplo, na Bacia do Paraguai, que é considerada a mais importante de Mato Grosso, os três principais pescados, pintado, pacú e cachara terão medidas mínimas e máximas para serem pescados, ou seja, no caso do pintado o mínimo é de 90 cm, então menor que isto tem que ser devolvido aos rios até 1,15 cm, portanto acima disto também não pode e deve ser solto após medido pelo pescado.

"Nossa intenção foi assegurar que no futuro exista vida nos rios e a pesca continue sendo algo fundamental para os profissionais e para os amadores, além da possibilidade de se ampliar a exploração da pesca esportiva para aquecer o turismo na bacia do Pantanal", sinalizou o líder do PDT.

O 1º vice presidente e líder do Governo, Romoaldo Júnior (PMDB) lembrou que essa situação é o início de um trabalho que terá que ser perene e definitivo para atender as demandas e as exigências deste novo momento em tudo que se relaciona a preservação ambiental e animal. "O Governo do Estado ganhou com a lei o instrumento e terá que se adequar para que a fiscalização torne a legislação efetiva, é isto que esperamos e os deputados estão de parabéns por construírem um consenso de olho no interesse de Mato Grosso, do Brasil e da população desta terra", explicou.

A deputada Luciane Bezerra, líder do PSB, lembrou que os avanços conquistados só terão validade se houver eficiência por parte do aparelho fiscalizador em coibir os abusos e lembrou que na sua região o Noroeste de Mato Grosso, onde existem muitos rios e a pesca esportiva e predatória vai ser prestigiada assim como todo o Estado. "Fizemos o que foi correto. Não ficou como alguns defendiam até porque não é possível o consenso quando alguém perde algo, mas o importante é preservar o Estado e garantir respeito para com todos", sinalizou Luciane Bezerra.

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


Comentários dos Leitores :: 
Paulo Boss (virts2007@gmail.com) - 28/02/2013 15h46

Pergunte ao Zeca, quanto ganha do Irai Maggi pra aprovar esta Lei que beneficia os donos de criatorio de peixes ?
Jose Mesquita (josetadeumesquita@hotmail.com) - 01/03/2013 07h44

Esse Deputado (Zeca Viana), tá preocupado com a preservação do Pananal? Qual é o pensamento dele sobre a Hidrovia? proibe a pesca, mas libera a destruição do pantanal através da hidrovia...

 
Últimas Notícias de Cidades :: 
Cidades
19h27 : PM e PRF autuam 55 e prendem 22 em flagrante na Emanuel Pinheiro
Cidades
19h55 : Em Cuiabá, construção da UPA Leste vai custar R$ 4,2 milhões; prazo é de 180 dias
Cidades
15h54 : Inscrições para o Várzea Vest vão até o próximo dia 25 de abril; são mil vagas
Cidades
12h05 : Tráfego é liberado parcialmente na Ponte Júlio Müller sentido Várzea Grande-Cuiabá
Cidades
11h12 : Campanha de vacinação contra a gripe começa dia 23 de abril em Cuiabá
Mais Notícias de Cidades::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160