Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 23 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Polícia

Polícia localizou 7 assaltantes de bancos em Comodoro; cinco morreram
06/12/2012 - 22h55   

DA Redação

As forças policiais da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), integradas com Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual (MPE), conseguiram localizar os sete criminosos envolvidos no assalto praticado nas agências do Banco do Brasil e Bradesco, em outubro deste ano, no município de Comodoro. Toda ação policial foi relatada durante coletiva realizada na tarde desta quinta-feira (06.12), na sede da Sesp, em Cuiabá. Estiveram presentes o secretário da Sesp, Diógenes Curado; coordenador do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro; sub-chefe do Estado Maior da Polícia Militar, coronel Joelson Geraldo Sampaio e o delegado geral da Polícia Judiciária Civil (PJC), Anderson Aparecido dos Anjos Garcia.

Para o coordenador do Gaeco, promotor Marco Aurélio de Castro, o êxito da operação realizada para capturar os criminosos foi garantido graças a dedicação e comprometimento dos policiais. “Quero parabenizar esses homens que não pouparam esforços para dar uma resposta à sociedade”, destacou.

O secretário da Sesp, Diógenes Curado, reforçou essa opinião, ao salientar outra ação desencadeada pela PM, desta vez contra os criminosos que assaltaram outra agência, em Marcelândia, também em outubro deste ano. Na ocasião, um assaltante foi preso e outros quatro acabaram mortos em confronto com a Polícia Militar, que permaneceu na mata por 34 dias initerruptos.

Conforme Diógenes, Mato Grosso tem obtido destaque no cenário nacional em decorrência do planejamento operacional tático de repressão aos assaltos a banco. “Apesar dos bandidos fazerem parte de organizações criminosas, detentoras de um forte poder ofensivo, com grande rede de comunicação com outros Estados e com estrutura operacional extremamente organizada, nosso sistema de segurança tem trabalhado estrategicamente com o emprego contundente dos setores de inteligência, pelos quais conseguimos atuar, muitas vezes, de forma preventiva e, quando necessária, de maneira reativa, como foram os casos de Comodoro e Marcelândia”, avaliou o secretário.

OPERAÇÃO COMODORO

A operação de buscas da quadrilha que praticou o assalto em Comodoro, em 30 de outubro deste ano, encerrou nesta quinta-feira (06.12), com a localização dos últimos seis integrantes. Dos sete criminosos, dois estão presos e outros cinco acabaram mortos em confronto com a polícia.

Um dos bandidos foi encontrado e preso por volta das 6h desta quinta-feira (06.12), na Gleba Rio Vermelho, em Rondonópolis. Outros cinco membros da quadrilha foram localizados por volta das 22h desta quarta-feira (05.12), na estrada do Lago do Manso, região do município de Chapada dos Guimarães.

De acordo com o comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), major PM Jonildo José de Assis, os cinco membros da quadrilha foram localizados após uma denúncia. Os policias realizaram diligências na região e depararam com um veículo Celta, de cor branca, que seguia sentido Manso/Cuiabá, que acabou realizando uma manobra irregular na pista ao avistarem a viatura policial.

Os policiais solicitaram a parada do veículo e tentaram se aproximar, neste momento os ocupantes do carro atiraram contra os policiais. Na troca de tiros, os cinco criminosos que estavam dentro do carro não resistiram aos ferimentos e morreram.

Os assaltantes foram identificados como Josemar Ribeiro da Silva, conhecido como "Parasinho". Com ele foi encontrado um fuzil calibre 762, modelo AK 47; Alex dos Santos, que estava com outro fuzil do mesmo calibre; Jader Cardoso e outras duas mulheres, ainda não identificadas.

Com o último componente da quadrilha localizado, Cristiano Luiz da Silva, preso em Rondonópolis na manhã de hoje, os policiais aprenderam 10 quilos de entorpecentes (maconha e pasta base de cocaína), um revólver calibre 38 e aproximadamente R$ 7 mil em dinheiro.

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


 
Últimas Notícias de Polícia :: 
Polícia
14h30 : Seis pessoas morreram durante o feriado prolongado nas rodovias de MT
Polícia
09h05 : Polícia recupera carreta roubada em Rondonópolis
Polícia
07h17 : Ex-presidiários são executados com vários tiros em Cuiabá
Polícia
06h24 : PM à paisana mata assaltante durante tentativa de roubo no bairro Porto
Polícia
15h41 : Cinco pessoas morreram durante o feriado prolongado nas rodovias de MT
Mais Notícias de Polícia::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160