Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 24 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Política

Maluf aponta que pacto entre Mauro, Maggi e Taques é "incoerente"
23/09/2012 - 12h23   

Da Redação

O candidato a prefeito de Cuiabá Guilherme Maluf (PSDB) cobrou em ato de campanha neste final de semana “coerência política” por parte dos adversários na disputa eleitoral de 2012. Num recado direto ao candidato Mauro Mendes (PSB), com quem disputa uma das vagas rumo ao segundo turno, Maluf declarou que o palanque do empresário é o “retrato do quanto a conveniência política pode ditar novas alianças e desfazê-las logo após uma eleição”.

Guilherme Maluf criticou a associação dos senadores Blairo Maggi (PR) e Pedro Taques (PDT) a Mauro Mendes nas eleições municipais da Capital. Os dois representantes políticos e o empresário, que está em sua terceira eleição majoritária, já trocaram farpas num passado recente da política do Estado.

Em 2010, na corrida à sucessão do governo Blairo Maggi, Mendes e Taques não pouparam críticas à gestão do líder do PR, tomando como principal plataforma ao discurso de oposição o chamado Escândalo dos Maquinários. A expressão “100% equipado, 20% roubado” foi reproduzida no discurso e em várias peças de campanha dos hoje aliados políticos. Em meio às articulações do novo pleito, em junho de 2012, Pedro Taques disparou farpas direto da tribuna do Senado contra Mauro Mendes. “Começou a época de traições e facadas nas costas”, alfinetou o senador no episódio.

De acordo com o candidato a prefeito Guilherme Maluf, o novo pacto entre as três figuras políticas, agora nas Eleições 2012, “é bastante curioso”. “Intriga a todos nós, de Cuiabá, porque será que quando se disputa uma eleição ao governo do Estado o comportamento é um e, quando se quer a prefeitura da Capital, a conveniência política muda completamente. O eleitor de Cuiabá certamente estará atento a isso no dia 7 de outubro”, alerta Maluf. Ex-vereador e deputado estadual, o médico se lança na disputa pela prefeitura de Cuiabá pela primeira vez.

As afirmações do candidato tucano se dão a duas semanas das Eleições 2012, que acontecem no dia 7 de outubro, e denotam algo esperado nesta reta final do pleito: o acirramento do embate de ideias e do ritmo de campanha na busca pelo voto de confiança do eleitor da Capital de Mato Grosso.

Maluf avisa que não irá se esquivar de lançar críticas pontuais, sempre que se façam necessárias. “Não farei dessa reta final de campanha um ringue, mas farei os posicionamentos que julgar pertinentes, coerentes, sem apelar para baixarias. O eleitor espera maturidade de todos nós, candidatos a prefeito de Cuiabá”.

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


 
Últimas Notícias de Política :: 
Política
14h49 : Dilma entrega 638 casas, visita a Arena Pantanal e participa de formatura
Política
12h02 : PSD tenta barrar Toninho de Souza de votar pela cassação de colega de partido
Política
11h18 : Júlio Pinheiro escapa de votação de pedido de afastamento da Câmara
Política
09h45 : Câmara convoca sessão extraordinária para votar cassação de João Emanuel
Política
09h18 : Após ação do MPE, ex-prefeito tem bens bloqueados em quase R$ 1 milhão
Mais Notícias de Política::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160