Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 18 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Cidades

Suspenso concurso da prefeitura de Tangará da Serra
03/07/2012 - 17h27   

Da Redação

Previsto para ocorrer no próximo dia 15, o concurso público que preencheria vagas na Secretaria Municipal de Saúde e Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samai) de Tangará da Serra (239 Km a médio-norte) foi suspenso liminarmente pelo juiz Cláudio Roberto Zeni Guimarães. O magistrado acatou ação civil proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) que constatou que o município não promoveu licitação para a contratação do Instituto Cidades, responsável pela realização do concurso. O argumento utilizado pela administração municipal para garantir a dispensa de licitação, conforme o Ministério Público, foi irregular, já que a empresa contratada não possui “reputação ético-profissional”.

Na liminar, o juiz estabeleceu um prazo de 5 dias para que o Instituto Cidades informe e comprove nos autos quantas inscrições já foram realizadas e deposite em juízo o valor total de todas as inscrições. A decisão foi proferida nesta segunda-feira (02) e estabelece multa diária de R$ 20 mil em caso de descumprimento. A multa será aplicada de forma solidária entre os réus, no caso o município de Tangará da Serra e Instituto Cidades -Centro Integrado de Desenvolvimento Administrativo, Estatístico e Social - e extensiva às pessoas físicas dos gestores responsáveis pelo certame.

Promotora de Justiça Fabiana da Costa Silva, que atua 1ª Promotoria de Justiça Cível de Tangará da Serra, apresentou documentos demonstrando que a empresa responsável pelo certame teve vários contratos anulados por prefeituras em todo país em razão de fraudes e irregularidades relacionadas à realização de concurso público. “O Instituto Cidades responde a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal no estado de Mato Grosso e a várias ações nos estados da Paraíba, Ceará e Amazonas, informa a assessoria do Ministério Público.

“O requisito atinente à inquestionável reputação ético-profissional ganha destaque, uma vez que, ao lado dos princípios da obrigatoriedade da licitação e da excepcionalidade da dispensa, devem ser observados plenamente outros, como da impessoalidade, moralidade, eficiência e da obrigatoriedade do concurso público, o que não foi analisado cuidadosamente pelo município de Tangará da Serra, sendo o processo de dispensa imotivado”, afirmou a promotora de Justiça, em um trecho da ação.

A promotora de Justiça informou que antes de propor a ação, foi encaminhada notificação ao município recomendando a suspensão do concurso público e a rescisão do contrato firmado com o Instituto Cidades, mas a recomendação não foi acatada.

“Diante da natureza e urgência da matéria, cópia desta decisão servirá de mandado, para cumprimento pelo Oficial de Justiça de plantão no que diz respeito às intimações do Município de Tangará da Serra, e das pessoas do Prefeito Municipal e Secretário de Saúde. Quanto ao réu Instituto Cidades e a intimação da pessoa de seu Presidente, intime-se e cite-se por Carta Precatória”, consta em trecho do despacho. O juiz afirma ainda que “seu cumprimento poderá implicar na ineficácia das medidas tutelares ora deferidas, com evidentes prejuízos aos candidatos inscritos no concurso público, e à moralidade pública propriamente dita”.

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


Comentários dos Leitores :: 
Manso da Política (mansodapolitica@gmail.com ) - 03/07/2012 18h42

Beleza ... ficarei mais tempo trabalhando sem precisar do concurso. Viva!
elenir aparecida lopes viana (elenir.biologa@HOTMAIL.COM) - 11/07/2012 17h15

OI GOSTARIA DE SABER DE VOCES COMO E QUE FAZ PARA RECEBER O DINHEIRO DA TAXA DE PAGAMENTO DA ESCRICOES, MUITO OBRIGADA
 
Últimas Notícias de Cidades :: 
Cidades
16h25 : Pedro Henry passará aniversário e Páscoa preso; não cumpriu 1/6 da pena
Cidades
15h10 : Somente serviços essenciais funcionam; veja o que abre e o que fecha
Cidades
12h58 : Silval entrega medalhas para policiais civis
Cidades
12h34 : Cáceres terá nova unidade do Socioeducativo
Cidades
11h04 : Municípios de MT têm prazo para se cadastrar em programa contra Crack
Mais Notícias de Cidades::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160