Diretor Presidente: Maksuês Leite Cuiabá, 20 de abril de 2014   
     
    Página Inicial
    Últimas Notícias
    Política
    Economia
    Polícia
    Cidades
    Esportes
    Cultura
    Variedades
    Nacional
    Internacional
    Registro Geral
    Artigo do Dia
    Enquetes
    Carta do Leitor
    Empresarial
    Presença Confirmada
    Quem Somos
    Fale Conosco
 
Cidades

Optometristas são condenados por realizarem exames e prescreverem receita
09/02/2011 - 13h57   

Da Redação

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT) divulgou ontem em plenária que suspendeu as atividades de três profissionais optometristas de Água boa, Várzea Grande e Lucas do Rio Verde por exercício ilegal de medicina.

Segundo denúncia eles estariam exercendo habitualmente a profissão de médico oftalmologista em óticas sem autorização legal. O optometrista é responsável por fabricar e vender lentes de grau mediante prescrição médica, mas não deve realizar exames, diagnosticar doenças oculares e receitar o uso de lentes.

Segundo o artigo 39 do Decreto nº 20.931/32 é vedado às casas de ótica “confeccionar e vender lentes de grau sem prescrição médica, bem como instalar consultórios médicos nas dependências dos seus estabelecimentos”.

O artigo 38 também diz que é terminantemente proibido a optometristas a instalação de consultórios para atender clientes, devendo o material aí encontrado ser apreendido e remetido para depósito público, onde serão vendidos judicialmente a requerimento da Procuradoria dos leitos da Saúde Pública e a quem a autoridade competente oficiará nesse sentido.

Com base nesses artigos os juízes dos três casos decidiram que a atividade praticada pelos profissionais coloca a saúde pública em risco. O optometrista de Água Boa foi punido com 6 meses de detenção por praticar ilegalmente a medicina.

Em Várzea Grande, a decisão do juiz Federal da 2ª Vara do Estado, Jeferson Schneider, deferiu a liminar que determina a imediata busca e apreensão dos equipamentos utilizados, bem como a abstenção da prática de diagnóstico, exames e prescrição.

E em Lucas do Rio Verde a 3ª Vara Cível determinou que a optometrista acusado deixe de oferecer e realizar exames, prescrever lentes e outras atividades que são de competência de oftalmologistas sob pena de R$ 1 mil por dia.

 

 Enviar por email  Imprimir    Comentar
 


Comentários dos Leitores :: 
nilton paulo zinatto (niltonpznat@hotmail.com) - 10/02/2011 13h01

É lamentável a gente ver notícias desse tipo, grupo crm casando profionais, que não fazem parte de seus, como se fosse.Um é medicina outro é optometria.
Minha esposa tem graucoma e procurando o MEDICO OFTAMOGISTA pela unimed este não tinha nem aparelho para medir a presão do olho, mau tinha como aferir o grau do óculos dela. Quem fiscaliza este. CRM ou Vigilância sanitaria.

Carmen Martins.. (carmen.opt@hotmail.com) - 16/02/2011 17h43

Lamento ver uma noticia dessa, onde vemos que o Lobim dos Oftalmos querem a todo custo denegrir a imagem do Optometrista.... Meu esposo fazia exames de rotinas anualmente em uma das clinicas de Oftalmologia mais renomada de Teresina-PI, e o Oftalmo que lhe acompanhava, nem todas as vezes fazia oftalmocopia, e eu estava no meu sétimo periodo do curso de optometria, e meu esposo se queixando de uma dor no olho, resolvi fazer ofalmoscopia nele...e observei que sua escavação do nervo optico do OE era maior que OD, dai levei a renomada clinica, o seu oftalmo, disse: porque vc quer fazer Mapeamento da Retina, TCO e Curva tensional....ai eu falei: para descartar qualquer suspeita,e ele falou de que? Glaucoma ele não tem, já o acompanho há 3 anos....então falei: mas já paguei os exames vamos fazer Dr...e no final do dia quando fez sua ultima tomada da PIO...nos chamou paara os resultados e me falou....vc tem razão ele tem escavação muito alterada, portanto ele tem realmente Glaucoma...Eu então me prostei diante do Oftalmo e falei...é Dr. eu apenas sou uma estudante de Optometria...e somente com o Oftalmo, pude ver que meu esposo tem uma escavação de mais ou menos 7 OD e 9 OE... ele baixou a cabeça e me ignorou..
Então porque essa disputa...eles sabem quee nós OPTOMETRISTA, sabemos tanto quanto eles.....apenas não querm perder a fatia do mercado, por mera ignorância....pois no mundo há espaço para todos ......
Que os Profissionais Oftalmos, trabalhem, mas deixem que nós tbm exerçamos nossos conhecimentos....
Finalmente... quem descobriu o GLAUCOMA do meu esposo? EU , uma Optometrista....

 
Últimas Notícias de Cidades :: 
Cidades
19h27 : PM e PRF autuam 55 e prendem 22 em flagrante na Emanuel Pinheiro
Cidades
19h55 : Em Cuiabá, construção da UPA Leste vai custar R$ 4,2 milhões; prazo é de 180 dias
Cidades
15h54 : Inscrições para o Várzea Vest vão até o próximo dia 25 de abril; são mil vagas
Cidades
12h05 : Tráfego é liberado parcialmente na Ponte Júlio Müller sentido Várzea Grande-Cuiabá
Cidades
11h12 : Campanha de vacinação contra a gripe começa dia 23 de abril em Cuiabá
Mais Notícias de Cidades::
  Publicidade
Microlins
Programa Sávio Pereira
© O Documento - Uma Impressão Digital. 2001 - 2014
É proibida a reproduçao total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorizaçao por escrito dos responsáveis.
Fone: (65) 3644.4160